Notícias do Mundo Motorizado

Renault Twingo de cara lavada

Está apresentada a nova cara da família Renault. Se assim o desejarem, a nova traça da marca francesa vai sair à rua pelas rodas do pequeno citadino Twingo, que mostra como tudo se irá passar em termos estéticos daqui para a frente.

Uma actualização de um modelo que se tornou bastante popular, essencialmente, através da primeira geração lançada em 1993 e que durou mais de 14 anos, mostrando como um carro pequeno pode ser utilizado como grande, e até quebrar algumas barreiras em termos de criação automóvel.

Pois bem, esse grande sucesso da marca do losango foi totalmente redesenhado e repensado, quando em 2007 foi lançada a segunda geração que durou precisamente até finais de 2011. Aliás, as suas linhas irão ter continuidade através deste novo Renault Twingo que sofreu alterações significativas na grelha frontal, onde sobressaem grandes ópticas redondas, a fazer lembrar um pouco os “olhos de sapo” da primeira geração. A traseira está ligeiramente mais redonda, com a tampa da bagageira a acolher agora dois farolins. Um Twingo mais audacioso, mas que conserva linhas suaves embora imbuídas de um novo estilo que parece conduzir à nova face de design pretendida pela Renault.

Utilizando o mesmo chassis, este Twingo “made in Eslovénia” continua a oferecer um espaço interior considerável, onde se destaca a excelente área para as pernas no banco traseiro. Sem alterações profundas, realce para os novos materiais e novas cores com que se pode jogar entre as colorações interiores e da carroçaria, sendo mesmo possível personalizar o seu Twingo com diferentes decorações do tejadilho. Um carro que deseja continuar na moda, ou mesmo recuperar a “moda Twingo”. Este estilo renovado do citadino da Renault chega a Portugal nos primeiros dias de Janeiro, oferecendo um motor a gasolina (1.2 de 75 cavalos) e outro diesel (1.5 dCi de 85 cavalos). Para meados de Março espera-se pelo muito simpático 1.2 TCE com electrónica que disponibiliza 100 cavalos e ainda pela assinatura desportiva Gordini.

Renault Twingo remoçado, fácil de conduzir, económico na versão diesel e até atrevido com a motorização de 100 cavalos. Um carro que pisa bem e que simpatiza com o trânsito das grandes cidades, ou até com traçados mais sinuosos. Os preços arrancam nos € 9.990 para a versão City de 1.2 a gasolina, enquanto o 1.5 dCi estará disponível a partir de € 14.790. Fica o primeiro sorriso da nova imagem Renault, trazido pelo elemento mais jovem da família.