Notícias do Mundo Motorizado

Ricardo Teodósio e José Teixeira sagram-se Campeões Nacionais de Ralis

Foi um final de festa pleno de emoção aquele que caracterizou o Rallye Casinos do Algarve 2019, prova que encerrou os principais campeonatos de ralis em Portugal. Na principal competição, de entre os quatros candidatos ao título, Bruno Magalhães foi o mais rápido, tendo sido a maior ameaça a Ricardo Teodósio, que acabaria por se sagrar campeão nacional pela primeira vez na sua carreira. O piloto algarvio viu a sua tarefa facilitada quando outro dos pretendentes ao título, José Pedro Fontes, que foi o primeiro líder da prova, desistiu por despiste na primeira passagem pelo troço de Monchique, subindo à segunda posição, que era suficiente para chegar ao lugar mais alto do campeonato.

Num rali marcado pela enorme presença de público quer nas classificativas, quer nas super-especiais de Lagos, a festa no Hotel Algarve Casino foi marcada pelo tom amarelo florescente na enorme massa humana de apoio a Ricardo Teodósio e José Teixeira, com o piloto a aproveitar a ocasião para pedir a companheira em casamento!

Outros pontos de interesse marcaram a prova, como a luta pelo título de ERT2 no Iberian Rally Trophy, disputado entre José Merceano e Adruzilo Lopes, conquistado in extremis pelo primeiro, uma vez que desde o final do primeiro dia de prova que o seu carro dava mostras de não aguentar o esforço até final, apesar do ataque de Adruzilo Lopes, também ele vítima do azar, ao ter que reiniciar a prova no domingo em Rally 2 depois de ter de abandonar no primeiro dia. Nas duas rodas motrizes, João Marcelino estreou-se a vencer no CPR, sendo seguido por Rafael Cardeira e Hugo Araújo, que foi o primeiro entre os RC5.

Luís Mota viu Pedro Leone desistir ainda no primeiro dia e assim junto o título de Campeão Português de Clássicos de Ralis ao seu vasto palmarés, numa prova que foi ganha pela dupla irlandesa Richard Hall/Rory Kennedy. No campeonato sul de ralis, Márcio Marreiros selou com chave de ouro a conquista o sexto título nesta competição, ficando à frente de Ricardo Filipe e João Bica, com Vítor Vilela a ser o melhor entre as duas rodas motrizes, na quarta posição da geral.