Notícias do Mundo Motorizado

Henrique Chaves forma equipa lusa com Miguel Ramos

Henrique Chaves disputará este ano o International GT Open, novamente, formando com Miguel Ramos uma dupla inteiramente portuguesa aos comandos de um dos McLaren 720S GT3 da Teo Martín Motorsport.

O jovem de Torres Vedras foi um dos grandes protagonistas o ano passado na competição de índole europeu, tendo na sua época de estreia lutado pelo ceptro de pilotos até ao último evento da temporada, Monza, onde conquistou uma vitória.

Face à sua adaptação à categoria, uma das mais competitivas do automobilismo mundial, e ao seu profundo entendimento com a equipa espanhola, a continuidade do projecto era a melhor opção para o piloto de vinte e três anos. “Estou muito satisfeito por continuar este ano com a Teo Martín Motorsport no International GT Open. No ano passado estreei-me nos GT europeus e senti o grande apoio que uma equipa como a Teo Martín Motorsport pode oferecer, o que foi muito importante para lutarmos pelo título de pilotos até ao último fim-de-semana de corridas.

Na próxima temporada, com mais experiência e com uma relação sólida com a equipa, acredito que seremos ainda mais fortes e darei o meu melhor para justificar a confiança que a Teo Martín Motorsport mostrou ter em mim”, afirmou Henrique Chaves.

Apesar de a maior parte dos ingredientes se manterem intactos, para 2020 o piloto de Torres Vedras terá um novo colega de equipa, Miguel Ramos, um habitué do International GT Open e que em 2016 conquistou o título do International GT Open aos comandos de um McLaren 650S GT3 da Teo Martín Motorsport que dividiu também com um piloto português – Álvaro Parente.

Henrique Chaves e o piloto de Vila Nova de Gaia não são desconhecidos, uma vez que participaram na Taça das Nações da FIA de 2019, tendo rapidamente encontrado uma boa base de entendimento que lhes permitiu mostrar um ritmo competitivo ao longo de todo o evento.

O piloto de Torres Vedras está entusiasmado por formar uma dupla 100% portuguesa e empenhado em tornar uma temporada especial para Miguel Ramos ainda mais memorável. “É fantástico poder fazer equipa com o Miguel! Competimos juntos o ano passado na Taça das Nações da FIA, em Vallelunga, e demo-nos muito bem. É um piloto experiente, rápido e fiável e já foi campeão com a Teo Martín Motorsport, também num McLaren. Acredito que, juntos, poderemos repetir esse feito aos comandos de um dos McLaren 720S GT3 da equipa. Para além disso, este é o trigésimo ano do Miguel no automobilismo e seria fantástico celebrar com o título de 2020 e ajudá-lo a tornar-se no piloto com mais vitórias no International GT Open seria a cereja no topo do bolo.

Depois de uma pausa tão longa, estou ansioso por voltar à competição”, concluiu Henrique Chaves.

A temporada deste ano do International GT Open terá seis eventos e começará em Hungaroring a 6 – 9 de Agosto.

CALENDÁRIO 2020

06 – 09 de Agosto Hungaroring

20 – 23 de Agosto Paul Ricard

12 – 13 de Setembro Red Bull Ring

26 – 27 de Setembro Monza

16 – 18 de Outubro Spa-Francorchamps

29 de Outubro – 01 de Novembro Barcelona