Notícias do Mundo Motorizado

Como vai o Campeonato de Portugal de Ralis?

Devido ao adiamento e cancelamento de eventos, só se realizaram até agora dois ralis de um calendário nacional com sete. O primeiro, disputado em fevereiro, foi o Rali Serras de Fafe e Felgueiras em que o vencedor foi Armindo Araújo, este ano ao volante de um Skoda Fabia R5 Evo. Na segunda posição e, apesar de algumas dificuldades, classificou-se Bruno Magalhães, enquanto o lugar mais baixo do pódio ficou na posse de Ricardo Teodósio, depois do campeão nacional também ter mostrado um ritmo inferior ao do ano anterior.

Já no começo de julho teve lugar o Rali de Castelo Branco e aí foi novamente Armindo Araújo a vencer e as posições do pódio mantiveram, na medida em que Bruno Magalhães levou o Hyundai i20 R5 ao segundo posto e Ricardo Teodósio foi terceiro. Quarto, Pedro Meireles somou o seu primeiro resultado do ano e, depois de contrariedades, José Pedro Fontes caiu para a sétima posição e está agora numa posição em que urge começar a somar boas classificações para recuperar da sua desvantagem no campeonato.

Classificação: 1º Armindo Araújo, 69,32; 2º Bruno Magalhães, 51,52; 3º Ricardo Teodósio, 39,78; 4º José Pedro Fontes, 25,71; 5º Miguel Correia, 24; 6º Manuel Castro, 20; 7º Pedro Meireles, 16; 8º João Barros, 13; 9º António Dias, 9; 10º Adruzilo Lopes, 7; 11º Luis Mota e Gil Antunes, 5; 13º Fernando Teotónio, 2; 14º Paulo Neto, Paulo Caldeira e Luis Mota, 1.

João Faria