Notícias do Mundo Motorizado

Vitória para Miguel Nunes no Rali Vinho da Madeira

Miguel Nunes e João Paulo garantiram a vitória na edição de 2020 do Rali Vinho da Madeira. Numa prova em que os melhores pilotos dos campeonatos nacional e regional marcaram presença, a dupla do Skoda Fabia R5 dominou, por completo, e fechou no primeiro lugar.

Alexandre Camacho, que se estreou com um Citroën C3 R5, ficou no segundo lugar, enquanto Jose Maria Lopez, também em Citroën, fechou o pódio. Tanto o madeirense como o espanhol beneficiaram dos problemas de motor no Skoda Fabia R5 de Pedro Paixão que o obrigaram a parar.

Na quarta posição ficou Bruno Magalhães. O piloto do Hyundai não conseguiu discutir o triunfo na prova, mas fez uma excelente operação para o campeonato nacional. O lisboeta somou a pontuação máxima enquanto José Pedro Fontes, quinto na classificação geral, ficou em segundo nas contas do Campeonato de Portugal de Ralis. Entre os dois terminou João Silva.

O líder do CPR, Armindo Araújo, não foi além do sétimo lugar absoluto (terceiro no CPR), enquanto o campeão em título, Ricardo Teodósio, fechou a sua participação no Rali Vinho da Madeira no oitavo posto absoluto e no quarto da classificação relativa ao campeonato português. Pedro Meireles concluiu em nono e Filipe Freitas fechou o top-ten e venceu entre os GT.

“É um orgulho enorme. Era algo que desejávamos há muito tempo. Queríamos escrever o nosso nome na história do Rali Vinho da Madeira. O rali foi espectacular. Conseguimos estar na liderança desde a primeira classificativa. Foi sempre muito competitivo e tivemos de andar sempre muito depressa”, exclamou um muito satisfeito, Miguel Nunes.