Notícias do Mundo Motorizado

Armindo Araújo foi segundo no Rali do Alto Tâmega

Após ter terminado a primeira etapa do Rali do Alto Tâmega na liderança, Armindo Araújo e Luís Ramalho acabaram por não conseguir assegurar a vitória na prova organizada pelo CAMI, depois de terem sido vítimas de um furo, na quinta especial, que os afastou da luta pelo triunfo.

Com o claro objetivo de vencer e manter a liderança do CPR, a dupla do Team Armindo Araújo/The Racing Factory partiu para a derradeira etapa na primeira posição, mas sentiu algumas dificuldades em imprimir o ritmo desejado nas duas primeiras especiais do dia. “Não começamos bem o dia de hoje pois senti o carro bastante duro para o estado em que se encontravam as especiais e perdemos a liderança por uma margem muito curta. Corrigimos isso para a parte da tarde e atacamos forte na quinta especial. Acabamos por não ter aqui a sorte pelo nosso lado, pois furamos a cerca de três quilómetros do final e perdemos uns segundos que sabíamos serem, em condições normais, muito difíceis de recuperar. Sinto que poderíamos vencer, mas infelizmente, desta vez, não conseguimos”, começou por dizer no final o piloto do Skoda Fabia R5 Evo.

Com três provas ainda por disputar (espera-se em breve a confirmação do rali que substituirá a prova Açoriana) e com apenas seis dos sete resultados possíveis a fazerem parte das contas finais, ainda existem muitos pontos para conquistar. “Não foi claramente o resultado que queríamos, mas conseguimos mais um pódio e pontos suficientes para nos mantermos claramente na discussão do título. Ainda estão em disputa muito pontos e continuamos determinados em sermos campeões. Hoje tivemos um furo no nosso objetivo”, referiu ainda Armindo Araújo.

Ainda sem a certeza quanto à prova que substituirá o Rali dos Açores, mas com a já assumida possibilidade de o Rali Terras D’Aboboreira ser realizada em finais de outubro, o Rali Vidreiro – Centro de Portugal será o próximo rali do calendário de 2020. A prova do CAMG está agendada para 9/10 de outubro.

Classificação CPR: 1º B. Magalhães – 121,63; 2º A. Araújo – 112,94; 3º R. Teodósio – 79,61; 4º J.P.Fontes – 67,26; 5º P. Meireles – 42 pontos…