Notícias do Mundo Motorizado

Daniel Nunes com prova difícil em Trás-os-Montes

A região de Trás-os-Montes foi o palco do Rali Alto Tâmega, que decorreu no passado fim de semana, onde Daniel Nunes e Nuno Mota Ribeiro partiram com objectivo de manterem a liderança do Campeonato Portugal de Ralis 2 Rodas Motrizes e do Challenge R2&You.

No final da prova, Daniel Nunes afirmava, “Foi uma prova muito difícil para nós. Adorámos os troços mas entrei sem ritmo. Devido a situações profissionais, os reconhecimentos foram escassos e a concentração não foi a indicada, pelo que isso traduziu-se no andamento e no cronómetro. Fomos ganhando ritmo e confiança mas ao mesmo tempo desiludidos, pois era impossível chegar ao andamento e tempos dos nossos adversários , equipados com os novos Rally 4. ”

“Só nos restava lutar pelo Challenge R2&You mas, na quinta especial do rali, quando estávamos para a iniciar, um acidente com um concorrente que nos antecedia fez com que estivéssemos parados cerca de trinta minutos. Com pneus e travões frios partimos para o troço, mas, em consequência dessa paragem, tivemos 3 saídas de estrada. Com vontade de atacar para consolidar a liderança do Challenge R2&You, mas perdemos a margem que tínhamos e, no último troço perdemos o rali por frustrantes 7 décimas de segundo, mas as corridas são assim”, disse o piloto.

“Estamos conscientes que o nosso campeonato pode estar perdido se continuarmos aos comandos do Peugeot 208 R2, pois não conseguimos chegar perto da concorrência que, entretanto se apetrechou com os novos Peugeot 208 Rally 4 e, vamos agora reunir com a equipa e analisar o que se pode fazer nas restantes provas do campeonato”, concluiu Daniel Nunes.

O Rali Vidreiro Centro de Portugal, organizado pelo Clube Automóvel da Marinha Grande, vai para a estrada nos dias 9 e 10 de Outubro de 2020.