| | | | | | | | |   

Estoril: Campeonato de Portugal de Sport Protótipos

21 October , 2013

A corrida dos Sport Protótipos “viveu” da luta entre Ivan Bellarosa e Gonçalo Araújo, que perseguia no Estoril, o título nacional nesta categoria e o certo foi que o italiano e o português já tinham uma vantagem de mais de seis segundos sobre o terceiro (César Machado) na  terceira volta, sendo este seguido de Paulo Sá Silva e por António Ricciardi, já a mais de 13 segundos…

Até à paragem nas boxes,  Paulo Silva passou César Machado na sétima volta, com este a ficar colado ao piloto angolano e Ricciardi estabilizou num tranquilo quinto lugar, à frente de Belloti e Luis Martins. Gonçalo Araújo começou a perder muito tempo, com o fundo do carro solto,  ficando à mercê de Paulo Silva que o ultrapassou à 11ª volta, tal como César Machado.

Paulo Silva foi o primeiro a entrar nas boxes, cedendo o seu lugar a Luis Silva, mas já com toda a gente a regressar à pista, a classificação “estabilizada” deu Bellarosa na frente de Gonçalo Inácio (companheiro de equipa de César Machado) seguindo-se Nuno Santos (a alinhar com Ricciardi) e João Luís, que acompanha Gonçalo Araújo… Luis Sá Silva descia a 10º e abandonaria pouco depois com um princípio de incêndio no seu carro

Bellarosa prosseguiu a sua caminhada para a vitória, com Inácio a rodar muito atrasado na segunda posição, tranquilamente na frente de Nuno Santos e Francisco Abreu, mas Inácio descia a quinto na 22ª volta entrando nas boxes na volta seguinte com um problema no cubo da roda  para abandonar.

Vitória para Ivan Bellarosa, com os lugares seguintes do pódio a serem ocupados por António Ricciardi / Nuno Santos (ambos em Wolf) a 44,4s e Francisco Abreu (Radical) a 1m01,6s, que vence a classe C3. Apesar de ter terminado apenas na quinta posição, Gonçalo Araújo assegurou o título.

VENCEDOR: “Vitória mais tranquila do que esperava, num campeonato muito interessante. A equipa esteve muito bem desde o início do fim de semana e só espero poder voltar para competir com estes pilotos.”

A segunda corrida não teve história. Desde o início que Ivan Bellarosa se foi afastando da concorrência ao ritmo de 4 a 5 segundos por volta, pelo que o fecho do programa do Estoril Motorsport Weekend foi um passeio para o italiano. António Ricciardi e Nuno Santos não tiveram igualmente dificuldade em garantir a segunda posição, enquanto Gonçalo Araújo e João Luís ficaram com o último degrau da tribuna dos vencedores. No final o italiano estava satisfeito com a vitória. “Acabou por ser uma corrida fácil, mas estou muito satisfeito por estar presente neste belo programa de corridas. Já conhecia o circuito do Estoril, que é um belo traçado e acredito que o António Ricciardi poderá ter um belo futuro”. Gonçalo Araújo e João Luís festejaram o título com a subida ao pódio. “Foi um fim-de-semana que valeu pelo título. Na primeira corrida estava a conseguir acompanhar o Ivan, mas depois tivemos problemas com a asa dianteira. Na segunda, o João Luís quando me entregou o carro já se estava a queixar do aquecimento do motor e da caixa, pelo que não era possível fazer mais”, explicou Araújo.


por:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

Redes Sociais

Parceiros




Grupo PressXL

 
 
 

WebLinks