Notícias do Mundo Motorizado

Toyota no Rali da Sardenha: Ogier no pódio e Evans mantem liderança no campeonato de pilotos

O Rali da Sardegna provou ser mais uma prova emocionante e desafiante para pilotos e equipas. Ao fim de 3 dias e 16 especiais cronometradas em gravilha, Sébastien Ogier, aos comandos do seu Toyota Yaris WRC garantiu o pódio, terminando em terceiro da geral. Elfyn Evans terminou em quarto e continua a liderar o campeonato de pilotos, com 14 pontos de avanço para o colega de equipa Ogier e 24 pontos à frente do terceiro classificado. Isto quando estão 60 pontos em jogo nas duas provas que faltam para o fim do Mundial de Ralis.

A sexta ronda do Campeonato Mundial de ralis FIA 2020, arrancou na ilha Italiana da Sardenha na sexta-feira 9 de outubro. Os pilotos da TOYOTA GAZOO Racing tiveram um primeiro dia muito desafiante, uma vez que, devido às suas posições no topo do campeonato, Elfyn Evans e Sébastien Ogier tiveram que arrancar para as especiais em primeiro e segundo lugar, ao longo de todo dia. A gravilha solta nas primeiras passagems não permitia tempos tão rápidos e no final do primeiro dia de prova Sébastien Ogier e Elfyn Evans conseguiram a quarta e quinta posição, respectivamente. Kalle Rovanperä teve também um dia dificil, terminando quatro lugares atrás do companheiro Elfyn Evans.

No sábado, depois de vencer quatro das seis especiais do dia no Yaris WRC, Sébastien Ogier subiu para o segundo lugar da geral. Durante as quatro especiais da manhã, Ogier venceu as duas passagens do famoso troço de Monte Lerno e foi o mais rápido em ambas as especiais da tarde, construindo uma vantagem de 1,5 segundos para o terceiro classificado. Não tendo que arrancar mais em primeiro, por ser líder do campeonato, Elfyn Evans também conseguiu competir pelos melhores tempos e subiu do quinto para o quarto lugar da geral, terminando o dia com uma vantagem de 8,5 segundos sobre o quinto classificado.
Kalle Rovanperä teve que dar o rali por terminado na segunda especial da manhã quando alargou a trajetória e atingiu duas árvores com a traseira do carro. Esta foi a primeira desistência da época de estreia do jovem finlandês, que depois das cinco rondas anteriores do campeonato estava entre os cinco primeiros.

Sébastien Ogier e o navegador Julien Ingrassia chegaram a domingo em segundo lugar da geral, 27,4 segundos atrás dos líderes. As vitórias em ambas as especiais da manhã ajudaram a reduzir a diferença para apenas 9,2s, com uma especial restante e terminaram o rali a apenas 6,1 segundos dos vencedores em terceiro lugar.

Tendo sido particularmente prejudicado por abrir a estrada na sexta-feira, o quarto lugar final também representa um bom resultado para Elfyn Evans e o seu navegador Scott Martin. Concentraram-se em garantir a quarta posição no último dia, aumentando a sua vantagem sobre o quinto classificado para 33 segundos nas duas primeiras especiais do dia. Na Power Stage, tanto Ogier como Evans conseguiram acumular pontos bónus para o campeonato com o terceiro e quarto melhores tempos, respectivamente.

Classificação final do Rali da Sardenha (Domingo – para mais informação: www.wrc.com)
1 Dani Sordo/Carlos del Barrio (Hyundai i20 Coupe WRC) 2h41m37.5s
2 Thierry Neuville/Nicolas Gilsoul (Hyundai i20 Coupe WRC) +5.1s
3 Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Toyota Yaris WRC) +6.1s
4 Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota Yaris WRC) +1m02.3s
5 Teemu Suninen/Jarmo Lehtinen (Ford Fiesta WRC) +1m33.9s
6 Ott Tänak/Martin Järveoja (Hyundai i20 Coupe WRC) +2m27.5s
7 Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Hyundai i20 Coupe WRC) +4m43.8s
8 Jari Huttunen/Mikko Lukka (Hyundai i20 R5) +8m41.7s
9 Kajetan Kajetanowicz/Maciej Sczecepaniak (Škoda Fabia Rally2 evo) +10m02.9s
10 Pontus Tidemand/Patrik Barth (Škoda Fabia Rally2 evo) +10m20.9s