Notícias do Mundo Motorizado

Henrique Chaves prossegue luta pelos títulos em Nurburgring

Depois de uma passagem por Brands Hatch a roçar a perfeição, Henrique Chaves disputa no próximo fim-de-semana a oitava ronda da temporada deste ano do GT World Challenge Europe, que se realiza em Nurburgring, estando determinado em voltar a conquistar bons resultados.

O português e o seu colega de equipa, Miguel Ramos, estiveram extremamente competitivos na etapa britânica e, para além de duas pole-positions, asseguraram ainda dois triunfos, o que lhes permite presentemente liderar a mais importante competição dedicada a carros de GT na classe Pro-Am, com uma vantagem de sete pontos, e comandar a Sprint Cup, com catorze.

A ronda de Nurburgring conta também para a Endurance Cup, competição em que o duo luso está no quarto posto, a vinte e um pontos dos líderes, mas ainda com fortes possibilidades de poder assegurar o título.

Henrique Chaves, fresco dos dois triunfos de Brands Hatch, está pronto para mais um desafio. “O fim-de-semana passado correu-nos muito bem e foi de extrema importância para os campeonatos. Porém, agora temos de nos centrar já em Nurburgring, que se realiza em alguns dias. Conhecemos o circuito, mas sabemos que na Endurance Cup tudo tem de correr bem para podermos garantir um bom resultado e, por vezes, ter até alguma sorte. Nós temos sido rápidos e temos estado sempre a lutar pelos lugares do pódio e é para isso que vamos trabalhar”, sublinhou o jovem de Torres Vedras.

Na pista germânica o duo que divide o Lamborghini Huracán GT3 Evo da Barwell Motorsport terá a companhia de Adrian Amstuzt, como é habitual nas provas da Endurance Cup.

Com três pilotos a dividirem o carro italiano, Henrique Chaves aponta como primeiro objectivo encontrar uma afinação que agrade a todos e lhes permita ser competitivos, dado que a concorrência é forte. No entanto, também a estratégia será preponderante, dada a extensão de três horas da corrida de domingo “Como é normal, a oposição é muito forte e temos de recuperar pontos nas contas pelo campeonato da Endurance Cup e fortalecer a nossa posição na competição global. Para isso temos de bater o Ferrari e o Aston Martin que, normalmente, são os nossos adversários. Temos de encontrar um bom equilíbrio para o Lamborghini, mas estou confiante, a Barwell Motorsport tem vindo a mostrar que é muito competente. Depois, na corrida, teremos de ter uma boa estratégia e ter alguma sorte para podermos alcançar os resultados a que estamos habituados e que desejamos”, apontou o português.

O programa oficial da ronda de Nurburgring do GT World Challenge Europe Endurance Cup tem o seu início no sábado, com os treinos-livres e a pré-qualificação. No domingo, será disputada a qualificação (7h30) e a corrida (13h45). Todo o fim-de-semana poderá ser seguido através do website oficial da competição.

Sabia que:

  • o circuito de Nurburgring foi inaugurado em 1927 e então tinha quatro versões (o Gesamtstrecke de 28,265 km, que era composto pelos 22,810 km do Nordschleife e os 7,747 km do Südschleife. Havia também o Zielschleife , com 2,281 km)?
  • o primeiro vencedor de uma prova realizada em Nurburgring foi Toni Ulmen, que ganhou uma prova de motociclismo a 18 de Junho de 1927? No dia seguinte, Rudolf Caracciola foi o primeiro a vencer lá uma corrida de automóveis, aos comandos de um Mercedes.
  • Henrique Chaves tem como melhor resultado em Nurburgring um quinto lugar obtido a 15 de Julho de 2017, quando disputava a Fórmula Renault 2.0 Eurocup?