Notícias do Mundo Motorizado

Uma lista para garantir a projeção da Madeira nos mercados onde o automobilismo está forte.

Durante o encontro com a comunicação social madeirenses, José Paulo Fontes, considerou que a lista de pilotos em construção, hoje apresentada, tem como mercados alvo países como a Espanha a Itália e a França para além de garantir a tradicional forte presença de pilotos continentais, o que vai ao encontro dos interesses da promoção da Madeira no exterior.

A estratégia, no quadro das atuais limitações, é conseguir trazer à Madeira jovens e promissores pilotos tripulando viaturas competitivas, alguns já presentes na lista hoje divulgada. Um rali que proporcione aos amantes do automobilismo muita competição em todas as classes, é a vontade expressa pelo máximo responsável da Comissão Organizadora da edição 2022, do Rali Vinho da Madeira.

Clube 100 à Hora tem sido pouco solidário  

José Paulo Fontes, mostrou-se desagradado com a atitude do 100 à hora, clube organizador do Rali do Faial no próximo fim de semana , quando foi a organização do Club Sports da Madeira a proporcionar aos pilotos continentais o transporte antecipado dos seus carros para a Madeira. Uma decisão tomada em prol do desporto automóvel da Madeira, e não do 100 à Hora, um clube que se tem mantido uma posição intransigente na sua relação como Club Sports da Madeira, lamentou José Paulo Fontes.

A Madeira através do Club Sports da Madeira tem sabido se adaptar aos novos tempos

Eduardo Jesus, Secretário Regional de Turismo e Cultura, considera que dentro do enquadramento possível, a chamada “prova rainha” do automobilismo madeirense, continua a ser do “melhor que se faz em termos internacionais”, não é por acaso que o Rali Vinho da Madeira continua a merecer a preferência de muitos dos melhores que competem na atualidade, sublinhou. O Secretário Regional de Turismo e Cultura, aproveitou mais este encontro com os organizadores do RVM, para saudar o Club Sports da Madeira, pelo cuidado que teve ao convidar pilotos de mercados que na atual conjuntura são estratégicos para a Região.

Para o governante o RVM, continua a ser um exemplo do melhor que se faz lá fora no desporto automóvel, o que muito diz a todos os madeirenses.