Notícias do Mundo Motorizado

TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup: Sergi Francolí e Maria Salvo conquistam a Taça!

 Assistimos em Viana do Castelo a um final épico com a incerteza a manter-se até aos últimos metros do rali, quanto à vitória absoluta na época de estreia da TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup.
 
Miguel Campos e Ricardo Costa surgiam na frente da classificação geral não corrigida, mas com o regulamento a prever a exclusão dos dois piores resultados no final da época para cada concorrente, foi Sergi Francolí que venceu a época de estreia do Trofeu monomarca.
 
Sergi Francolí sabia o que teria de fazer em Viana para tirar partido dos bons resultados obtidos este ano – bastaria ser segundo classificado e vencer pelo menos uma classificativa, sendo que venceu duas terminando a época com 3 pontos de vantagem face a Campos no troféu – foi segundo no rali com uma diferença de 5,9 segundos face a Miguel Campos.
 
Uma vitória merecida e validada pelas 4 vitórias obtidas por Sergi Francolí e Maria Salvo em oito ralis disputados durante a época de 2022 e que lhes permitiu saborear agora o champanhe da consagração, garantindo um lugar na ribalta mediática ao vencerem a época de estreia da TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup.
 
Ricardo Costa não conseguiu desta vez impor-se, e andou longe da luta pela vitória terminando a mais de um minuto do vencedor. Garantiu a terceira posição no troféu, a mesma posição em que terminou a prova.
 
Daniel Berdomás e Brais Mirón também ainda podiam aspirar matematicamente a vencer o troféu, mas sabiam ser uma conjugação de fatores quase impossível de se verificar. Acabaram por desistir durante a segunda especial do rali e viram assim goradas as possibilidades de marcar pontos em Viana do Castelo, tendo terminado a época na quarta posição da classificação geral absoluta do troféu.
 
Pedro Lago Vieira, Germán Gómez Fortes e Víctor Calisto terminaram nas posições seguintes, fechando de igual modo com pontos a sua participação na época deste ano da TOYOTA GAZOO Racing Iberian Cup.
 
O Toyota GR Yaris RZ também demonstrou de forma categórica as suas capacidades, desportivas pois Campos e Francolí ocuparam igualmente os dois primeiros lugares da classificação geral neste rali, face a oponentes de peso, aumentando a expectativa em torno das evoluções que o modelo compacto da Toyota espera receber para a época de 2023 e que visam melhorar ainda mais a sua performance e fiabilidade global.
 
Um fecho de época brilhante, e um auspicioso desfecho para a próxima época que desde já se antevê muito interessante depois de uma competição tão disputada neste ano de estreia com o Toyota GR Yaris RZ.