Notícias do Mundo Motorizado

João Ferreira destaca-se e sobe ao pódio na 4.º Etapa do Dakar

João Ferreira, Campeão Nacional Absoluto de Todo-o-Terreno, rubricou hoje um excelente resultado na quarta etapa do Dakar 2023. O piloto de 23 anos, natural de Leiria, demonstrou toda a classe levar o X-RAID YXZ1000R TURBO PROTOTYPE SXS da X-RAID YAMAHA SUPPORTED TEAM ao segundo lugar desta difícil especial onde dunas de grande envergadura criaram dificuldades aos pilotos. Ricardo Porém, que ontem havia sido sexto na etapa 3, também registou uma boa prestação apesar de alguns percalços alcançando o 15.º lugar na etapa, subindo, ao 18.º lugar da Geral.

“Foi uma etapa muito boa e o resultado é muito saboroso. Depois de dois dias muito difíceis e que mexem com o nosso psicológico e físico, acaba por ser uma boa forma de tirar a pressão. Estamos neste Dakar para ganhar mais consistência, aprender e evoluir e tanto os bons como os maus resultados são importantes para o nosso futuro nesta e noutras provas. Queria agradecer a todos pelas mensagens de apoio ao longo dos últimos dias e deixar um agradecimento especial ao Filipe Palmeiro que continua a trabalhar de uma forma super profissional, mesmo apesar de estarmos muito distantes dos lugares cimeiros na classificação geral. Por fim, uma palavra também para a equipa de assitistência da X-raid Yamaha supported Team que passaram toda a noite a revisionar o nosso carro para que hoje conseguimos estar nas melhores condições à partida para a etapa!”, explicou João Ferreira.

“Acima de tudo, temos de festejar o excelente resultado do João nesta sua primeira aventura no Dakar, que assim regista o primeiro pódio da história da equipa. A nossa especial foi algo caricata, uma vez que na primeira fase, para ultrapassar as grandes dunas, o carro consumiu mais combustível do que o previsto e acabamos por ter de fazer muito quilómetros sem o modo ‘stage’ ativo para o poupar. Mais tarde a proteção inferior do carro e uma transmissão também nos deram alguns problemas. Mas ainda falta muito Dakar”, comentou Ricardo Porém.

A quinta etapa, que volta a ter início e final em Ha’il, será disputada em terreno 100% de areia. O dia começa com pequenas dunas e depois continuará por zonas de deserto aberto rodead de dunas. Neste troço de slalom, a perfeição da técnica de ultrapassagem das dunas será decisiva.