Notícias do Mundo Motorizado

Uma presença 100% eletrificada: Florian Huettl, CEO da Opel, apresenta quatro estreias mundiais em Bruxelas

A 100ª edição do Salão Automóvel de Bruxelas abriu hoje as suas portas com modelos pioneiros, concepts e soluções de mobilidade que estarão em exposição até ao próximo dia 22 de janeiro. A Opel está presente nesta que é a primeira grande exposição automóvel do calendário anual com quatro estreias mundiais orientadas para o futuro: O novo Opel Astra Electric, fazendo a sua estreia junto do público, tal como os dois novos topo de gama Opel Astra Sports Tourer GSe e Opel Grandland GSe. Em complemento, o Mokka Electric está se mostra pela primeira vez na sua nova configuração de bateria, com uma autonomia 20 por cento superior à anterior. A marca do relâmpago exibe, assim, em Bruxelas uma gama totalmente eletrificada, com propostas elétricas a bateria e com soluções híbridas plug-in. O mesmo se aplica aos seus veículos comerciais Opel Combo-e e Opel Vivaro-e, que os visitantes também podem ver de perto no salão.

O novo Opel Astra Electric irá eletrificar o público. O primeiro Astra puramente elétrico alimentado a bateria mostra que a Opel está consistentemente a seguir o seu caminho para se tornar uma marca totalmente elétrica na Europa. Ao mesmo tempo, já oferecemos a alternativa de condução certa para todos os requisitos e preferências na importante classe dos compactos, desde os motores de combustão altamente eficientes até ao híbrido ‘plug-in’ de carácter particularmente desportivo Astra GSe, passando ainda pelo Astra Electric totalmente elétrico e sem emissões locais“, disse o CEO da Opel, Florian Huettl, na abertura do Salão Automóvel de Bruxelas.

Modelos de topo eletrificados: Astra Electric, Astra Sports Tourer GSe, Grandland GSe

A mobilidade elétrica é a mobilidade do futuro, adequada ao uso diário, emocional e sem emissões locais. Tudo isto é permitido pelos modelos Opel, automóveis que os visitantes do stand conjunto da Stellantis (#5101, no Pavilhão 5) podem conhecer de perto a partir de hoje. Com a primeira variante totalmente elétrica do vencedor do modelo que conquistou o galardão “Volante de Ouro 2022“, o novo Astra Electric, os clientes podem percorrer até 416 quilómetros de acordo com a norma WLTP1 sem emissões locais, graças à sua bateria de iões de lítio com 54 kWh. Quando necessitar de recarregamento, o Astra elétrico a bateria pode ser ter até 80 por cento da capacidade da bateria carregada numa estação rápida de 100 kW, de corrente contínua, em cerca de 30 minutos. Ao mesmo tempo, o Astra Electric proporciona muito prazer de condução. O motor elétrico com 115 kW/156 cv de potência e 270 Nm de binário assegura arranques rápidos e uma velocidade máxima de 170 km/h.

Também a nova submarca GSe representa o mais puro prazer de condução. Dois dos modelos topo de gama “Grand Sport Electric” podem ser vistos em Bruxelas: o Opel Astra Sports Tourer GSe e o Opel Grandland GSe. Em comparação com os seus irmãos, os modelos GSe são concebidos para serem ainda mais ágeis e precisos. A direção, suspensão e travões respondem de uma forma mais imediata e direta a qualquer comando e exigência do condutor. Dependendo da situação, a tecnologia KONI FSD permite diferentes características de amortecimento para um comportamento dinâmico preciso e um elevado conforto em igual medida. Os dados relativos à sua performance falam por si: com uma potência de 165 kW/225 cv e um binário máximo de 360 Nm, tanto o novo Astra Sports Tourer GSe como o Astra GSe de cinco portas oferecem pura emoção (consumo de combustível WLTP: 1,2-1,1 l/100 km, emissões de CO2 de 26-25 g/km; valores combinados). Já o Grandland GSe disponibiliza a potência de um motor turbo, a gasolina, com uma cilindrada de 1,6 litros combinada com a de dois motores elétricos – um em cada eixo. Entrega uma potência total de 221 kW/300 cv (consumo de combustível WLTP3: 1,2 l/100 km, emissões de CO2 28-27 g/km; valores combinados, ponderados) e um poderoso binário máximo de 520 Nm. A propulsão híbrida plug-in torna o Grandland GSe num SUV de desempenho emocionante com tração permanente elétrica a todas as rodas e a excelente motricidade assegura a melhor aceleração da classe a partir de um arranque parado. O Grandland GSe cumpre o sprint de 0 a 100 km/h em apenas 6,1 segundos e atinge uma velocidade máxima de 235 km/h (135 km/h em modo puramente elétrico).

Mais potente, mais longe e sem emissões locais: O Opel Mokka Electric

Opel Mokka Electric é, agora e mais do que nunca, a escolha certa para todos aqueles que preferem conduzir num SUV subcompacto que é tão individual como é livre de emissões locais. Isto porque o vencedor do “Volante de Ouro 2021” vai estar disponível com uma bateria de maior capacidade, caso o cliente assim o deseje. Com uma aerodinâmica desenvolvida ao detalhe e com essa nova bateria de 54 kWh a bordo, o Mokka Electric pode percorrer até 406 quilómetros – em vez dos anteriores 338 quilómetros – sem quaisquer emissões locais, de acordo com a norma WLTP1 – num impressionante ganho superior a 20 por cento. Além disso, o motor elétrico fornece mais potência, agora com 115 kW/156 cv e 260 Nm de binário.

A “presença eletrificada” da Opel em Bruxelas completa-se com outras propostas elétricas a bateria de outras segmentos – desde o bestseller compacto Corsa-e e do furgão compacto Combo-e, até ao versátil Vivaro-e, “International Van of the Year 2021”.

A este propósito, o caminho para aquisição de um novo veículo elétrico é muito fácil: os visitantes espontâneos do salão podem encomendar o seu modelo de eleição com o ‘Blitz’ diretamente no stand. No “Mobility Corner”, o fabricante de Rüsselsheim apresenta a sua ferramenta de vendas online, local onde os clientes da Opel podem configurar o seu veículo, examiná-lo digitalmente e, se assim o desejarem, pedir para o mesmo ser entregue nas suas casas.