Notícias do Mundo Motorizado

Final inglório

Fim inglório para equipa famalicense nas 24 Horas de Fronteira

Perante milhares de espectadores e com bom tempo, decorreu no passado fim-de-semana, a 14ª edição das 24 Horas TT Vila de Fronteira, com a vitória a pertencer à equipa Luso francesa composta por Carlos Sousa, Mário Andrade, Cédric Duplé e Francisco Pita, em Moncé Clio V6.

 Das noventa equipas admitidas à partida, encontrava-se uma de Famalicão composta pelos pilotos Paulo Marques, Miguel Barbosa, Pedro Amado e Nuno Branco, tripulando uma Nissan Navara. Nos treinos de qualificação obtiveram o 27º tempo, que permitiu o arranque da nona linha da grelha de partida. A corrida começou em bom ritmo, mas, cedo surgiram problemas mecânicos que condicionaram o normal desempenho dos pilotos. Com um amortecedor partido iniciou-se o atraso na classificação geral. Seguiram-se então problemas de transmissão, de alimentação de gasóleo e um apoio da caixa de velocidades quebrado, obrigando a equipa a alterar a estratégia, na tentativa de levar a Navara até à bandeirada final. Tal não viria a acontecer, dado que, o motor não suportou o esforço e cedeu a apenas 5 km da meta, já no decorrer da última volta. A equipa, que nas boxes já começava a preparar os festejos pela chegada ao final da corrida, não acreditava no que se passava, quando Miguel Barbosa comunicava a paragem e o respectivo abandono.

Fim inglório para tanto esforço e dedicação, não sendo este o desfecho que a equipa pretendia, como forma de agradecimento aos seus patrocinadores.