Notícias do Mundo Motorizado

Espectáculo em Castelo Branco com Araújo na frente

A fome que pilotos e adeptos dos ralis tinham pelo regresso da modalidade está a ser saciada com o grande espectáculo protagonizado pelas equipas participantes no Rali de Castelo Branco. No primeiro dia de competição, marcado pelo calor que se fez sentir na Beira Baixa, Armindo Araújo fechou a etapa na liderança da competição, mas só tem 1,1 segundos de vantagem sobre o principal adversário, José Pedro Fontes. Em terceiro surge Bruno Magalhães, que cedeu 4,2 segundos para o líder.

Com três classificativas no cardápio, os concorrentes do Rali de Castelo Branco rumaram à zona de Vila Velha de Ródão, a sul de Castelo Branco, para competirem, algo que não faziam desde fevereiro. Armindo Araújo entrou na máxima força e colocou o Skoda Fabia R5 no primeiro lugar. Mas se o vencedor do rali em 2019 mostrou ao que vinha, a concorrência não lhe facilitou a vida. Bruno Magalhães, que tinha sido segundo, foi o mais forte no troço seguinte com o Hyundai i20 R5. Com esse resultado, colocou-se lado a lado com José Pedro Fontes na perseguição a Araújo.

O tirsense procurou defender-se na derradeira classificativa da etapa mas não foi além da segunda marca. Fontes, em Citroën C3 R5, estabeleceu o melhor tempo e colocou ainda mais pressão ao líder. Com um furo lento no Hyundai, Magalhães perdeu algum tempo e fechou o dia em terceiro, a menos de cinco segundos do primeiro classificado.

“O rali está a ser óptimo. Estamos todos muito próximos uns dos outros. Cada um de nós ganhou um troço. As coisas estão correr bem para mim. Chegar ao fim do primeiro dia na frente é muito bom”, afirmou Armindo Araújo.

O campeão nacional, Ricardo Teodósio, esteve uns furos abaixo do trio da frente e teve de se contentar com o quarto posto no final do primeiro dia de prova. O piloto do Skoda Fabia R5 sentiu “problemas de aderência” no carro checo e apanhou “alguns sustos”. Com estes percalços, o algarvio está a 22,9 segundos do primeiro. Já Pedro Meireles, em Volkswagen Polo R5 é o quinto classificado. O vimaranense está a 39,6 segundos de Araújo e parte para o dia de amanhã com uma margem de 15,9 segundos para o sexto classificado, João Barros, que se estreia com um Citroën C3 R5.

Classificação oficiosa após 1ª etapa