Notícias do Mundo Motorizado

O Suzuki Swift brilha com a sua própria luz

O Suzuki Swift mantem o seu percurso de diferenciação num segmento onde uma contínua estética marca o registo dos seus modelos concorrentes.

O novo motor 1.2 DUALJET Mild Hybrid reúne os últimos avanços técnicos da Suzuki em matéria de redução do consumo de combustível e de emissões de CO2, para chegar a um nível de eficiência máximo a par de um elevado desempenho.

Em matéria de segurança ativa e passiva, o equipamento de série foi alargado para níveis nunca antes vistos em automóveis desta categoria.

Nova aparência

O novo Suzuki Swift é um modelo chamativo. Basta visualizar-se as suas linhas energéticas, para se perceber que se trata de um automóvel diferente, cativante e com personalidade.

A grelha frontal tem novas formas e incorpora, de lado a lado, uma lista cromada que adiciona elegância e distinção. Os traços de linhas retas e agressivas dão forma a uma imagem mais desportiva. Os faróis com tecnologia de tipo LED realçam o apelativo design e conferem uma presença inconfundível que faz com que o novo Suzuki Swift se destaque.
A carroçaria está disponível em onze cores, sete monocolour e quatro novas tonalidades bitone: Laranja Flame (com teto preto), Amarelo Rush (com teto prata), Vermelho Burning (com teto preto) e Azul Speedy (com teto preto).

Motor e transmissões

A gama do novo Suzuki Swift está baseada no motor atmosférico 1.2 DUALJET (tipo K12D), de quatro cilindros em linha, 16 válvulas, admissão variável com gestão eletrónica VVT (Variable Valve Timing) e injetores duplos em cada cilindro. Está acompanhado pelo sistema de hibridização ligeira 12V SHVS Mild Hybrid (Smart Hybrid Vehicle by Suzuki) e desenvolve uma potência máxima de 83 CV às 6.000 rpm e um binário de 107 Nm às 2.800 rpm.

Junto a esta mecânica, surgem dois tipos de transmissão, manual e automática CVT, ambas com cinco velocidades. Também existe a possibilidade de incluir um sistema de tração às quatro rodas 4WD ALLGRIP AUTO, baseado em um
acoplamento viscoso, na versão equipada com caixa manual.

Todas as variantes do novo Suzuki Swift foram desenvolvidas com um conceito ECO e com o princípio de obter a máximo redução de emissões e consumos.

SHVS Mild Hybrid

A atividade do SHVS está baseada no trabalho conjunto do gerador ISG (Integrated Starter Generator), que cumpre várias funções com o propósito de reduzir o consumo de combustível e as emissões de dióxido de carbono (CO2), e uma
bateria de lítio de 10Ah.

Quando o veículo se detém, por exemplo num semáforo, o motor pára automaticamente, graças à função Auto Stop, e os restantes componentes elétricos continuam a funcionar alimentandos por baterias, poupando combustível.
O ISG também funciona como motor de arranque e auxilia a unidade térmica durante o arranque ou quando o condutor acelera, de forma a otimizar o consumo de combustível e proporcionar um maior rendimento. Em fases de travagem e
desaceleração a função regenerativa utiliza a energia produzida para gerar eletricidade e recarregar as baterias.

Equipamento sem precedentes

Como o seu antecessor, a gama do novo Suzuki Swift está estruturada com base em dois níveis de equipamento, GLE e GLX, onde não falta nenhum detalhe, desde os bancos aquecidos até ao controlo de velocidade adaptativo, sem nos
esquecermos de elementos tão apreciados como seja o sistema de navegação, ou práticos, como o volante multifunções de três raios, em pele.

Em ambas as versões, o novo Swift incorpora uma extensa dotação de série de avançados sistemas de segurança Suzuki Safety Support, dignos de automóveis de segmento superior, baseados na câmara monocular e no sensor laser DSBS
(Dual Sensor Brake Support), que deteta veículos e peões e gere o controlo de travagem autónomo, o controle de velocidade adaptativo, os assistentes de mudança de faixa, o assistente de luzes de largo alcance, os alertas anti fadiga, a
mudança de faixa, o sistema de deteção de ângulo morto e o reconhecimento de sinais de trânsito.

Na parte traseira, o Swift possui sensores de estacionamento traseiros que incluem a função de Alerta de Tráfego Posterior, para auxiliar o condutor ao sair de marcha atrás de um lugar de estacionamento e em que o campo de visão esteja limitado.

Interior refinado

Na posição de condução do novo Swift tudo está integrado de forma ergonómica para que não existam distrações à condução. O moderno e desportivo painel de instrumentos é dominado por dois indicadores, que mostram a velocidade máxima e a rotação do motor, combinando os tons cromado e preto, com iluminação vermelha e letras brancas. Entre os dois mostradores principais, surge um écran LCD de 4,2 polegadas, exibindo informações interessantes, relacionadas com a condução, por meio de gráficos fáceis de ler e compreender logo ao primeiro olhar.

Conectividade

Para quem quer desfrutar dos benefícios atuais dos smartphones no seu automóvel, o novo Suzuki Swift inclui um sistema de infotainment com tecnologia Bluetooth e écran sensível ao toque de 7 polegadas, compatível com os protocolos Apple CarPlay, Android Auto e Mirror Link. Assim, o condutor pode efetuar chamadas em ‘mãos livres’ ou ouvir música sem necessidade de utilizar cabos (streaming), entre muitas outras opções.

Preço e início de comercialização

Os preços do novo Suzuki Swift, incluindo campanha de lançamento iniciam-se nos 16.051€ para a versão GLE 1.2L Mild Hybrid e estendem-se até aos 18.499€ para a versão GLX 1.2L Mild Hybrid AUT, não incluindo despesas administrativas e
pintura metalizada. Estão também disponíveis campanhas de financiamento através do Suzuki Finance. O novo Suzuki Swift já se encontra disponível na Rede Oficial de Concessionários Suzuki.