Notícias do Mundo Motorizado

Domingos Sousa Coutinho foi 2º nos H71 em Braga

 

 

 Sem forçar o andamento nos treinos

 Domingos Sousa Coutinho estabeleceu o 2º melhor tempo  entre os Históricos 71 (H71), no Circuito de Braga 2, a jornada  de encerramento do Campeonato de Portugal de Clássicos de  Circuitos (CPCC), onde já garantiu o título na categoria.

 

Domingos Sousa Coutinho, Campeão de Portugal de Clássicos de Circuitos na categoria Históricos 71 (H71), chegou ao Circuito Vasco Sameiro, em Braga, decidido a procurar mais uma vitória para o seu palmarés nos H71.

A pista bracarense, palco da derradeira jornada do Campeonato de Portugal de Clássicos de Circuitos (CPCC), o Circuito de Braga 2, estava molhada quando os pilotos iniciaram os treinos livres, devido à chuva que caiu na região durante a noite. Isso, contudo, não foi impedimento para que fossem utilizados sempre pneus “slick” nos carros, pois as trajectórias foram secando, definindo linhas precisas que eram usadas pelos pilotos e permitiam andar sempre a fundo. Foi nestas condições que Domingos Sousa Coutinho fez a rodagem ao motor colocado, durante a semana, no seu BMW 2800 CS, antes de perceber que, sem forçar muito o andamento, era competitivo o suficiente para acompanhar o ritmo do seu principal adversário, Francisco Pinto, que utiliza um BMW 2002. No final da qualificação, assinou o 2º melhor tempo entre os H71, correspondente ao 12º da grelha de partida.

Amanhã, as duas corridas do CPCC (H71) terão lugar a partir das 11h15 e das 16h30, com 16 voltas cada.

EM DIRECTO:

“Aproveitei os treinos livres para fazer a rodagem do motor. Nos cronometrados, a conselho da minha equipa técnica, nunca ultrapassei as 7.000 rpm, nem forcei o andamento, para não prejudicar o motor. Tudo correu sem problemas e consegui fazer o 2º melhor tempo entre os H71, logo a trás do Francisco Pinto. Para a corrida, espero divertir-me, em especial se conseguir levar o carro até ao fim. Vai ser uma prova engraçada, até porque o Francisco é um piloto muito combativo. Vou correr sem ‘stress’ nenhum, já garanti o título e, agora, apenas quero terminar o ano em beleza.”