Notícias do Mundo Motorizado

Saída de estrada hipotecou bom resultado de Alex Ramos

As regiões de Mafra e Sintra receberam mais uma edição do Rallye das Camélias, uma prova extracampeonato, mas mítica do Campeonato Nacional de Ralis em outras épocas. Alexandre Ramos e Ricardo Domingos apresentaram-se aos comandos de um Peugeot 208 R2 com o nº35 nas portas, mas não tiveram a sorte do seu lado.

“O Peugeot 208 R2 é um carro fabuloso, mas assim como em 2019 também este ano não conseguimos concluir a prova organizada pelo Clube de Motorismo de Setúbal,”, referiu o piloto.

 “Tínhamos delineado que o nosso objetivo principal era chegar ao final e divertirmo-nos ao máximo. Vínhamos a fazer tempos dentro do top ten mas, no troço do Codeçal tivemos uma saída de estrada que fez com que a nossa prova tivesse que terminar”, afirmou Alexandre Ramos algo desalentado.

Alexandre Ramos vai agora regressar à bacquet direita do Mitsubishi Lancer Evo VI de Luís Mota para disputarem o Rali da Bairrada, prova a contar para o Campeonato Portugal Clássicos de Ralis.