Notícias do Mundo Motorizado

ARC Sport com novos trunfos nos troços de São Miguel

Depois do excelente 2º lugar conquistado no CPR por Miguel Correia e Jorge Carvalho na prova de abertura do campeonato e do teste muito positivo de Paulo Neto e Vítor Hugo na estreia do novo Skoda, a ARC Sport vai contar agora com o regresso de um piloto que deu muitas alegrias à equipa de Aguiar da Beira. O campeão Ricardo Moura está de volta ao volante de um Skoda Fabia Rallye2 evo e com ele António Costa no banco do lado.

Ricardo Moura volta a estar presente no seu rali do coração. Para o 10 vezes campeão açoriano (de 2008 a 2017) é difícil estar parado naquela que é a prova mais emblemática dos Açores. “Este vai ser um rali pontual. É sempre uma prova que me dá uma grande alegria participar, e onde o resultado é cada vez menos, o mais importante”, afirma o piloto, que em 2016 venceu o Azores Rallye, prova pontuável para o europeu da especialidade.

Ricardo Moura faz equipa com António Costa, ao volante de um Skoda Fabia Rally2 Evo. Campeão Nacional absoluto entre 2011 e 2013, o piloto de Ponta Delgada quer premiar o público ao longo das entusiasmantes e seletivas especiais de classificação, “é também muito importante para mim competir na minha ilha e perante um público fabuloso, que sente este desporto de forma muito especial. Lembro com carinho o apoio que sempre tive nesta prova ao longo dos anos, e quero voltar a fazer parte integrante desta verdadeira festa do desporto automóvel”.

Miguel Correia pretende continuar nos lugares de topo do Campeonato de Portugal de Ralis. Com Jorge Carvalho como navegador, a nova dupla do Skoda preparado pela ARC Sport assinou uma prova brilhante nas Serras de Fafe e, nos Açores, pretende dar continuidade ao bom momento que atravessam.

O 2º lugar na prova de abertura foi muito confortante e é um incentivo para os próximos ralis. A etapa açoriana, pontuável para o europeu e para o Campeonato de Portugal é um rali difícil e longo, mas vamos participar com toda a força e convicção. É uma prova que exige muito conhecimento e muita preparação, onde tenho poucas referências, desde a última vez em que participei em 2019. No entanto, estamos confiantes em conseguir nos Açores o melhor resultado possível”, concluiu Miguel Correia.

Paulo Neto e Vítor Hugo tiveram uma estreia positiva com o novo Skoda Fabia Rally2 evo em Fafe, apesar da posição em que partiram. Para a equipa, o Azores Rallye é uma prova bastante especial.

É um rali com imagens espetaculares e um público fantástico. Esta vai ser a primeira vez que participo ao volante de um carro de tração integral, e esperamos que tudo corra bem, apesar de irmos sofrer outra vez com a nossa ordem de partida. Fizemos um rali há quinze dias, onde o Skoda estava cinco estrelas, como é habitual. Os Açores contam com um público que é uma referência, numa terra onde é sempre um prazer competir”, disse Paulo Neto.

Para a ARC Sport, este regresso ao Açores é mais um grande incentivo, onde a equipa de Aguiar da Beira volta a contar com a participação de Ricardo Moura, que se junta a Miguel Correia e Paulo Neto, para tentarem resultados positivos.

Estamos naturalmente confiantes para enfrentar mais este desafio, numa prova fantástica e sempre muito competitiva. É um prazer voltar a contar com a presença do Ricardo na nossa equipa, bem como com o entusiasmo do Miguel e do Paulo, todos prontos para conseguirem alcançar os melhores resultados. Pelo nosso lado, tudo faremos para que os seus objetivos sejam alcançados. Como sempre, podem contar com todo o nosso empenho”, afirmou Augusto Ramiro.

O Azores Rallye, pontuável para os campeonatos da Europa e de Portugal de ralis, conta com 14 especiais de classificação e vai estar nas estradas da ilha de São Miguel no próximo sábado e domingo.