Notícias do Mundo Motorizado

Pedro Almeida e Mário Castro terminam Terras D’Aboboreira no 5ºlugar

Muito intenso, em evolução desde a primeira especial de classificação, e a apenas 1,3 segundos do quarto lutar, «pelo qual lutamos até ao fim», assim se poderia resumir a prestação de Pedro Almeida e Mário Castro no Rali Terras D’Aboboreira, que se disputou esta sexta-feira e sábado nos pisos de terra de Amarante, Baião e Marco de Canaveses.

«Fica-nos a sensação de que podíamos chegar ao quarto lugar, demos tudo por isso na fase final do rali, e estivemos quase a conseguir alcançar o José Pedro Fontes mas não foi possível. Fica-nos a sensação que, mesmo assim, fizemos um bom Rali Terras D’Aboboreira, em crescendo e que fizemos quase tudo bem» disse Pedro Almeida no final da prova.

«Na sexta-feira sentimos alguma falta de potência no Skoda Fabia e fizemos alterações, com a troca do turbo e com ligeiras afinações, que nos deixaram confortáveis com o carro e por isso capazes de andar no nosso melhor andamento» acrescentou o piloto de Famalicão.

«Estamos numa fase de crescimento no conhecimento do carro, a cada rali que passa melhores também nos registos que fazemos, e isso é o melhor que levamos daqui» acrescentou o piloto.

Pedro Almeida e Mário Castro voltam à estrada no Rali de Portugal, prova do Campeonato do Mundo de Ralis mas também pontuável para o Campeonato de Portugal, a realizar no final de Maio. «É o Rali que todos os pilotos gostam de fazer e onde já experimentei diversas sensações. Temos a consciência de que precisamos trabalhar para melhorar ainda mais e é isso que vamos continuar a fazer», finalizou Pedro Almeida.