Notícias do Mundo Motorizado

ARC Sport entra com confiança na fase de asfalto

O Campeonato de Portugal de Ralis vai entrar na fase de asfalto, depois de quatro provas disputadas em terra, que contaram com quatro vencedores diferentes. Agora são novas estratégias, onde os especialistas deste tipo de piso vão tentar encontrar as melhores soluções para um campeonato que está precisamente a meio.

Depois de uma vitória nas “Terras d’Aboboreira” e bem posicionados no CPR, com um 2º lugar absoluto apenas a 15 pontos da liderança, Miguel Correia e Jorge Carvalho vão lutar para tentar melhorar esta posição com o Skoda Fabia Rally2 evo.

“Vamos entrar nesta fase de asfalto como se fosse um novo campeonato. Um piloto de ralis tem de ser produtivo em qualquer tipo de pisos, embora eu prefira competir em pisos de terra. Tivemos dois dias de testes com o Skoda bastante positivos, e ainda vamos ter mais um contacto com o carro antes da prova. Vamos pensar na defesa do campeonato, onde ocupamos uma posição bastante simpática e tentar gerir o rali da melhor forma”, afirmou Miguel Correia.

Ausentes no Vodafone Rally de Portugal, Paulo Neto e Vítor Hugo estão desejosos de voltar a competir. A chegada do asfalto obriga a uma condução mais precisa com a recente evolução do Skoda Fabia Rally2.

“Não conseguimos testar o carro para o alcatrão, mas ainda vamos fazer um ensaio antes da prova. Este vai ser seguramente um rali rápido e exigente, onde é necessária uma condução mais precisa, devido aos pisos de asfalto. Como comecei a melhorar o comportamento com o Skoda em pisos de terra, acabo por achar a condução mais divertida, mas vamos partir bastante motivados para este rali que não deixa de ser uma surpresa”, disse Paulo Neto.

Para a equipa de Aguiar da Beira a chegada do asfalto é encarada com otimismo e confiança nos seus pilotos e navegadores. Melhorar as prestações dos dois Skoda e contribuir para resultados positivos é sempre o objetivo da ARC Sport.

“Vamos continuar a trabalhar para que seja possível chegar cada vez mais longe. A dedicação de todos os elementos da equipa é uma garantia e sabemos que, tanto o Miguel como o Paulo, farão o melhor possível para entrar na fase de asfalto de uma forma positiva. Estamos confiantes”, concluiu Augusto Ramiro.

O Rali de Castelo Branco conta com 12 especiais de classificação e um figurino totalmente novo. A prova disputa-se no próximo fim de semana a 11 e 12 de junho.