Notícias do Mundo Motorizado

TOYOTA GAZOO Racing triunfa no Rali Safari, quatro GR Yaris Rally1 no Top 4

Kalle Rovanperä vence o Rali Safari e aumenta a sua liderança no Campeonato Mundial de Ralis (WRC) da FIA. A TOYOTA GAZOO Racing consegue um resultado histórico, ao terminar com 4 GR Yaris híbridos no topo da classificação geral da mítica prova africana. Elfyn Evans e Takamoto Katsuta juntaram-se ao finlandês no pódio. Sébastien Ogier terminou em quarto.

Após quase 30 anos (desde o resultado da Toyota com o Celica no Rali Safari em 1993) a Toyota volta a garantir o Top 4 na prova mais dura do mundial de ralis. Num rali extremamente duro, com terra, muito pó e lama, o GR Yaris Rally1 eletrificado mostrou toda a sua qualidade e fiabilidade. O rival melhor classificado, terminou a mais de oito minutos do quarteto Toyota.

RESUMO DA PROVA
O rali africano começou na quinta-feira 23 de junho, com uma curta super-especial (4,84 km) em Nairobi. Sébastien Ogier foi o mais rápido e Elfyn Evans foi o quarto mais rápido, a apenas 1,2s. Rovanperä foi 11º, após ter alargado a trajetória numa curva e ter danificado o pneu traseiro, ficando assim a 12 segundos da liderança. Takamoto Katsuta do desafio TGR WRT Next Generation conseguiu o sexto melhor tempo.

Na sexta-feira, o primeiro dia inteiro de prova, Sébastien Ogier permaneceu na liderança durante grande parte do dia à frente de seus companheiros de equipa, mas o vencedor do evento em 2021 perdeu mais de dois minutos na especial final, à tarde, quando teve que parar e trocar um pneu, deixando-o em sexto lugar da geral. Para Rovanperä, ser o primeiro na estrada, por ser o líder do campeonato, provou ser uma desvantagem em algumas especiais mas também uma vantagem noutros, dependendo das diferentes condições da estrada.

A última especial do dia, foi especialmente desafiadora com sulcos profundos e areia macia. Rovanperä foi o mais rápido na terceira especial do dia, passando para a liderança do rali com 22,4 segundos de vantagem sobre Evans, que também tinha passado pela liderança de manhã. Takamoto Katsuta terminou o dia em quarto da geral.

Sábado foi o dia mais longo do rali, com 150,88 quilómetros cronometrados, percorridos em duas passagens por três especiais, perto do Lago Elmenteita. A chuva forte nas duas últimas especiais do dia tornou o tudo ainda mais desafiador, com condições muito escorregadias, lama e passagens de água. O quarteto de GR Yaris Rally1, conseguiu passar sem grandes problemas e, no final do dia ocupavam as 4 primeiras posições da geral. Com apenas 6 especiais a faltar, no dia seguinte, a diferença era já de mais de oito minutos para o quinto lugar.

Kalle Rovanperä manteve-se na liderança ao longo do dia, graças a uma abordagem consistente nas etapas rochosas, em vez de perseguir os tempos mais rápidos. No entanto, quando as condições mudaram com a chuva, foi o mais rápido a passar pela lama e aumentou a sua vantagem, terminando o dia com uma vantagem de 40,3 segundos. Elfyn Evans foi o mais rápido em duas especiais e manteve-se em segundo da geral. Takamoto Katsuta terminou o dia em terceiro da geral e Sébastien Ogier subiu na tabela classificativa quando os pilotos rivais enfrentaram problemas. O campeão francês conseguiu a sua quarta vitória em especiais do rali em SS13, a última do dia de sábado.

No domingo, o último dia de prova, Rovanperä geriu a sua vantagem durante as 6 derradeiras especiais e sai do rali Safari com uma vantagem no campeonato de pilotos de 65 pontos. Evans terminou em segundo, a 52,8 segundos, alcançando o seu segundo pódio da época. Takamoto Katsuta, terminou em terceiro e alcançou o seu segundo pódio da carreira, um ano depois de ter conquistado o seu primeiro, precisamente no Kenya. Foi, no entanto, uma estreia no pódio para seu co-piloto Aaron Johnston.

Ogier e o seu co-piloto Benjamin Veillas lutaram para subir ao quarto lugar da geral, estabeleceram o terceiro tempo mais rápido na derradeira Power Stage para aumentar os pontos da equipa durante o fim de semana. A liderança da TOYOTA GAZOO Racing no campeonato de fabricantes aumentou para 62 pontos.

1 Kalle Rovanperä/Jonne Halttunen (Toyota GR YARIS Rally1) 3h40m24.9s
2 Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR YARIS Rally1) +52.8s
3 Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR YARIS Rally1) +1m42.7s
4 Sébastien Ogier/Benjamin Veillas (Toyota GR YARIS Rally1) +2m10.3s
5 Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe (Hyundai i20 N Rally1) +10m40.9s
6 Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1) +23m27.9s
7 Jourdan Serderidis/Frédéric Miclotte (Ford Puma Rally1) +30m16.5s
8 Sébastien Loeb/Isabelle Galmiche (Ford Puma Rally1) +32m12.6s
9 Kajetan Kajetanowicz/Maciej Szczepaniak (Škoda Fabia Rally2 evo) +35m37.6s
10 Oliver Solberg/Elliott Edmondson (Hyundai i20 N Rally1) +37m36.6s