Notícias do Mundo Motorizado

Álvaro Parente esteve perto do pódio

Álvaro Parente esteve na luta pelo pódio de Petit Le Mans, a oitava ronda da temporada deste ano do IMSA SportsCar Championship, mas acabou no sexto lugar.

O português chegou a Road Atlanta determinado em conseguir um bom resultado, muito embora esperasse contrariedades face a um plantel tão forte.

Sendo esta uma prova de endurance, Trent Hindman juntou-se a Misha Goikhberg como colega de equipa do piloto do Porto aos comandos do Acura NSX GT3 da Heinrich Racing, para a ultrapassar as dez horas da corrida de sábado.

Na qualificação, Misha Goikhberg colocou o carro japonês no sexto lugar da grelha de partida, numa sessão que primou pelo grande equilíbrio.

Na corrida, inicialmente o Acura NSX GT3 número cinquenta e sete rodou em torno da sexta posição, mas quando Álvaro Parente pegou no carro, levou-o até ao segundo lugar, parecendo ser possível terminar numa das posições do pódio.

Contudo, com duas situações de Safety-Car até à bandeira de xadrez, no final o trio da Heinricher Racing terminava no sexto posto, a posição de onde tinha arrancado. “Houve alguns momentos em que pensei que poderíamos conseguir um pódio, mas depois começámos a perder ritmo. Consegui levar o carro até ao segundo posto, mas mantê-lo lá foi mais difícil. O Trent fez o máximo que podia no final e acabámos em sexto”, afirmou Álvaro Parente.

Depois de uma prova que parecia ser capaz de oferecer a Álvaro Parente um pódio, o português olha para o futuro com determinação. “Não tem sido uma temporada fácil, com diversas contrariedades, mas penso que mais tarde ou mais cedo teremos um bom resultado. Espero que seja já em Laguna Seca”, concluiu o piloto do Porto.

O IMSA SportsCar Championship prossegue em Laguna Seca no dia 1 de Novembro, mas no próximo fim-de-semana tem já as míticas 24 Horas de Spa-Francorchamps.