Notícias do Mundo Motorizado

Veloso Motorsport entrou a ganhar em 2021!

A Veloso Motorsport começa o ano competitivo da melhor maneira, com a conquista do primeiro lugar na corrida inaugural da GT3 Cup, disputada este fim-de-semana no Circuito Vasco Sameiro em Braga. Francisco Carvalho foi o protagonista principal, levando a equipa nortenha até ao lugar mais alto do pódio, depois de uma corrida perfeita.

A chuva, que marcou forte presença entre Sexta-feira e Domingo de manhã, não facilitou a vida aos 13 concorrentes que marcaram presença na prova inaugural deste troféu. Por isso a qualificação foi difícil para todos, com Carvalho a garantir o direito de partir do quarto lugar para a primeira corrida e a segunda posição da grelha de partida para ronda número dois.

“Não foi tão bom como esperava, porque queria a ‘pole’ e fiquei a 3 décimos. Parabéns à Veloso Motorsport que me entregou um carro excelente e também ao José Monroy que lançou um troféu de alto nível com os fantásticos Porsche 997 GT3 Cup. Amanhã será outro dia…” Afirmou Francisco Carvalho à assessoria oficial da prova.A primeira corrida de Domingo foi disputada já com pouca chuva, mas com a pista ainda muito molhada. Depois de uma largada onde manteve a sua posição, Carvalho foi atrás do “prejuizo” chegando à liderança da prova, depois ultrapassar os dois pilotos à sua frente, acabando por conseguir cortar a meta na primeira posição.
“Foi uma vitória muito difícil, pois arranquei do quarto lugar e nas primeiras voltas havia demasiado spray, não se via nada. Quando me apercebi que o Carlos Vieira estava com problemas, pensei que poderia ser mais fácil para mim. Juntamente com o Rodrigues, fizemos uma excelente corrida. Atrasei-me no arranque e ele conseguiu passar, mas depois pressionei-o e disse ao Luís Veloso pela rádio ‘vamos ganhar esta corrida’. E a verdade é que consegui mesmo ganhá-la”. Referiu o piloto da Guarda à mesma fonte.

A segunda corrida do dia foi já disputada com piso seco e infelizmente não deixou saudades a piloto e equipa. Uma saída de pista após a largada, quando discutia a travagem no final da recta da meta, deixou o Porsche 997 GT3 preso na gravilha, terminando logo ali as fortes as possibilidades de lutar por novo triunfo. Com a ajuda dos comissários, Francisco Carvalho ainda voltou à pista, conseguindo chegar ao décimo posto e conquistando preciosos pontos para o troféu.

“Arranquei melhor que o Carlos Vieira, mas ele estava do lado direito e esse lugar pertencia-lhe, só que eu travei descompensado e fiquei lá. Foi um incidente de corrida. Lamento, porque teria hipóteses de lutar pela vitória ou mesmo conquistá-la. Foi o que foi, são corridas”. Sintetizou Francisco Carvalho a essa mesma fonte.

A próxima jornada da GT3 Cup disputa-se a 12 e 13 de Junho no Autódromo Internacional do Algarve, numa jornada que inclui entre outras competições, o espectacular Campeonato do Mundo de Resistência (WEC).